Dentada Capaz de Dividir Carro a Meio

Pliossauro

Pliossauro
Ilustração: Raul Martin, National Geographic

Está em exposição no Dorset County Museum o crânio do maior predador marinho alguma vez encontrado, com a capacidade de, numa única dentada, partir um carro a meio, facto apenas não comprovado pela inexistência de automóveis há 155 milhões de anos atrás, quando habitava o nosso mundo.

O crânio pertence a uma nova espécie de pliossauro, do grupo dos plesiossauros – répteis aquáticos de pescoço relativamente curto e cabeça grande.

Crânio de Pliossauro

Crânio de Pliossauro
Fotografia: Jurassic Coast Team

Este crânio, com 2,4 metros, terá pertencido a um pliossauro com cerca de 18 metros de comprimento.

O crânio deste animal foi descoberto pelo coleccionador de fósseis amador Kevan Sheehan, entre 2003 e 2008, na costa de Weymouth Bay, Inglaterra. O maior fragmento deste crânio pesa nada mais nada menos que 80 quilos.

O crânio, que está 95% completo, foi posteriormente adquirido pelo museu e apresentado publicamente no passado dia 8 de Julho, por Sir David Attenborough.

Os pliossauros conviveram com os dinossauros (entenda-se) nos períodos Jurássico e Cretáceo. Eram predadores marinhos que atingiam os 15 metros de comprimento e desapareceram há cerca de 89 milhões de anos (alguns milhões de anos antes da extinção em massa do Cretáceo).

Mais informação (em inglês):

Tópicos: Animais Pré-Históricos

Leia mais sobre animais pré-históricos »