Mundo dos Animais > Conservação > Artigo: Sapo Arco-Íris Regressa 87 Anos Depois

Sapo Arco-Íris Regressa 87 Anos Depois

Desde 1924, nunca mais ninguém tinha visto esta espécie, tanto colorida quanto tóxica. Em 2010, o sapo arco-íris (Ansonia latidisca) foi incluído na lista dos 10 anfíbios mais procurados em todo o mundo, pela Conservation International e pela IUCN. Neste Verão, a esperança de o vir a encontrar novamente venceu e aqui está ele, no primeiro registo fotográfico de sempre (até aqui era apenas conhecido através de ilustrações a preto e branco):

Sapo Arco-Íris

Sapo Arco-Íris

Sapo Arco-Íris

O Sapo Arco-Íris foi redescoberto na Indonésia por uma equipa liderada pelo ecologista Indraneil Das, após vários meses de pesquisa. Na verdade foram encontrados três indivíduos, um macho adulto, uma fêmea adulta e um juvenil, no topo de uma árvore, que habitam. A localização exacta da espécie será mantida em segredo, para evitar que sejam apanhados por contrabandistas.

Mais informação (em inglês):

Tópicos: Anfíbios, Animais Selvagens, Conservação, Rãs e Sapos

Gostou deste artigo?

Encontre-nos no Facebook ou no Twitter e junte-se à conversa!

Receba mais conteúdos por email

Assine a Newsletter e receba os principais conteúdos no seu email.

Assinar Newsletter »

Em Destaque Sobre Conservação

Ver tudo sobre conservação »
Ir para o topo