Cavalos: A Hora do Banho

Cavalo a tomar banho

Fotografia original: bcgrote

Após os exercícios ou de uma longa caminhada, o banho é sempre a melhor maneira de refrescar e relaxar.

Além de higiénico, ele proporciona conforto e descontracção ao cavalo, aliviando as tensões físicas e mentais provocadas pela actividade física.

Para os cavalos, a palavra banho significa limpeza e bem-estar. Para os donos, é um momento de lazer e sintonia com o animal.

Para ajudar a aplicar correctamente todas as técnicas de limpeza e massagem no seu cavalo, existem 14 dicas que podem ser facilmente utilizadas no dia-a-dia:

  1. O banho ideal dura em média de 15 a 20 minutos. A escovagem com água deve ser diária, pois é higiénica e saudável. O champô pode ser aplicado apenas uma vez por semana.
  2. Importante: antes de começar o banho, verifique a transpiração e a respiração do animal. Estes dois factores devem estar dentro dos padrões normais. Caso contrário, o contacto da água fria com o corpo quente e húmido do cavalo pode provocar um choque térmico.
  3. Comece o banho sempre de baixo para cima. Molhe bem as mãos e os pés do animal, depois passe para as pernas, e bem devagar, molhe a barriga em toda sua extensão. Suba o esguicho para a garupa e siga vagarosamente em direcção à cernelha.
  4. Limpe a parte de cima dos cascos com um escova de plástico, depois levante a mão/pé do animal e limpe com muito cuidado a ranilha, pois é uma parte bastante sensível. Em seguida enxagúe bem.
  5. É muito importante limpar os órgãos genitais, pois geralmente é onde a sujidade fica impregnada. Use sabão de glicerina (ou o mais neutro possível) para não causar irritações na pele do animal. Se ele permitir, passe uma esponja macia e humedecida com água e sabão.
  6. Depois de molhar o pescoço, passe para a cabeça. É indispensável limpar o focinho, o chanfro e a ganacha. Mas tudo muito suavemente. Se o cavalo não permitir que use a escova, tente uma esponja ou use simplesmente as mãos.
  7. Para lavar a cabeça do animal, diminua a pressão da água dobrando a mangueira ao meio. Deixe a água escorrer entre as orelhas. Se o animal estiver assustado, deixe-o olhar a água por algum tempo e depois repita o processo.
  8. As orelhas não podem ser lavadas internamente, por isso tenha cuidado com o esguicho. Use um chumaço de algodão e um pouquinho de óleo para remover a cera das orelhas.
  9. Não atire água para as narinas. Use uma esponja macia ou simplesmente a mão.
  10. No banho com champô, use um balde com três partes de água para uma de champô. Mergulhe a luva (ou esponja) na mistura e vá passando sobre todo o corpo do animal, sempre em movimentos circulares.
  11. Não se esqueça da crina e da rabada. Após lavar a cabeça do animal, vire a crina toda para um lado e use a escova para desembaraçar. Coloque a rabada de molho no balde com água e champô e depois use as mãos para lavar. Se necessário, use a escova para desembaraçar.
  12. Para terminar o banho, pegue no escorredor e passe pelo corpo inteiro do animal, de cima para baixo, acompanhando o sentido da musculatura.
  13. Conforme ele for secando, penteie a crina e a rabada várias vezes, até que ambas fiquem bem soltas e desembaraçadas.
  14. Para massajar o cavalo, passe a luva ou a escova em movimentos circulares, pois desta forma relaxa a musculatura e activa a circulação sanguínea do seu animal.

Tópicos: Cavalos, Animais de Quinta, Artigos em Destaque