Cólicas em Cavalos

Cólicas nos cavalos

Fotografia: Wikimedia Commons

As cólicas são sem dúvida um dos maiores pesadelos de quem tem cavalos.

Os proprietários devem estar cientes de quão sensíveis os seus cavalos são e qual a sua predisposição para sofrer este tipo de perturbação.

Causas prováveis das cólicas

  • Mudança brusca na alimentação do cavalo;
  • Cama feita de palha ou feno;
  • Mudança brusca no tipo de exercício feito pelo cavalo;
  • Presença de éguas com o cio (no caso de um garanhão);
  • Falta de água;
  • Irritação e stress (transporte, desbaste, primeiras ferrações);
  • Grande período sem água e depois uma grande ingestão de água (cólica renal);
  • Cólica por gases.

O tipo de cólica mais frequente é a chamada cólica por impactação, provocada por uma alteração brusca na alimentação do cavalo.

Basicamente, aquilo que acontece é uma má digestão da alimentação, o que faz com que a comida passe pelo aparelho digestivo sem estar completamente desfeita. Isso vai fazer com que haja uma acumulação de fezes no intestino, o que impede o animal de defecar, levando a que o cavalo se contraia (reacção natural e instintiva à dor) o que torna ainda mais difícil a defecação.

Sinais de cólicas

  • O cavalo deita-se, ou tenta espojar-se;
  • Raspa no chão;
  • Sua exageradamente para um cavalo que está em repouso;
  • Está agitado;
  • Flancos encovados e duros.

Primeiras medidas a tomar

  • Tirar o cavalo da boxe e andar com ele à mão, a passo, em terreno duro;
  • Não o deixar espojar-se;
  • Soltá-lo num picadeiro e fazê-lo andar.

O objectivo destas medidas primárias é provocar movimento nos intestinos para incentivar o cavalo a defecar! São medidas a tomar enquanto se espera pelo médico veterinário, que já deve ter sido chamado!

Profilaxia

  • Fluidoterapia (soro);
  • Entubação;
  • Palpação rectal;
  • Administração de tranquilizante injectável.

Atenção: um sinal de cólica não deve nunca ser ignorado, pois muitas vezes as cólicas são fatais para os cavalos!

Este artigo foi publicado na Revista nº4 do Mundo dos Animais, em Dezembro de 2007, com o título “As Cólicas”.

Atenção: Este artigo é meramente informativo e não substitui a consulta no médico veterinário. O(A) autor(a) e o Mundo dos Animais não se responsabilizam pela utilização indevida destas informações.

Tópicos: Saúde Animal, Cavalos, Animais de Quinta