Marcas de Identificação nos Cavalos

Marcas de identificação nos cavalos

Fotografia: Wikimedia Commons

As marcas ou sinais brancos na face, focinho e pernas são meios de identificação e vêm registrados na documentação exigida pelas entidades responsáveis (stud books).

Além desses sinais, marcas no próprio corpo do animal ou manchas brancas podem ocorrer na parte inferior do ventre e nos flancos.

As manchas no corpo do cavalo são mais frequentes nos Clydesdale do que em cavalos de outras raças.

Sinais de identificação

Pêlos brancos causados pela sela ou esfoladuras produzidas por atrito da barrigueira são sinais adquiridos como as marcas feitas com ferrete (ferro em brasa).

Como essas marcas a fogo, as marcas a frio resultam em séries de letras ou figuras de identificação – feitas de pêlos brancos (ou negros, em cavalos claros).

Monogramas ou símbolos podem ser gravados a fogo, no casco.

Redemoinhos e topetes são usadas para identificação, já que a disposição irregular de pêlos é permanente.

As castanhas, pequenas calosidades ou excrescências córneas na face interna das pernas do animal valem como impressões digitais. Individuais e permanentes; mas não se usam para fins de identificação.

Nome das marcas por ordem das imagens: 1) Flor ou Estrela, 2) Cordão ou Listão, 3) Ladre ou Beta, 4) Frente Aberta, 5) Mala Cara, 6) Bebe em Branco

Calçamentos ou calçaduras

As pelagens nas pernas – denominadas calçamentos podem ser traço de calçado, se o branco não dá volta à perna; talão branco, se atinge só o talão; alto caçado quando chega ao joelho ou ao joanete; médio calçado, se alcançar o meio da canela; baixo calçado, se chega ao boleto; cascalvo se o casco é branco.

Quando o animal é calçado, dos membros anteriores, se diz manalvo; se é calçado dos membros posteriores, pedralvo.

Riscas horizontais (zebra markings), anéis de pêlos pretos, são de origem primitiva e tinham fins de camuflagem. Podem ser vistos em raças de grandes antiguidade, como highland e fjord. Os cavalos das pinturas parietais de Lascaux, na França têm marcas assim, sendo extraordinariamente semelhantes ao highland.

Nome das marcas por ordem de imagens: 1) Traça de Calçado, 2) Talão Branco, 3) Alto Calçado, 4) Zebra

Coloração dos cascos

Cascos de matéria córnea azul-ardósia são considerados ideais. Acredita-se que a ceratina de que se compõem tenha textura densa e de grande rigidez.

Em contrapartida, em cascos brancos é tido por mole, incapaz de resistir bem à usura do atrito. Não há prova de que essas asserções sejam verdadeiras.

Pés brancos acompanham pernas calçadas. Os Appaloosas e outros cavalos manchados têm cascos tigrados (com listas verticais negras).

Nome das marcas por ordem de imagens: 1) Casco Azul, 2) Casco Branco, 3) Casco Listado

Via Tudo Sobre Cavalos

Tópicos: Cavalos, Animais de Quinta