Transporte de Animais: Dicas Para Viajar Com o Seu Amigo

O conforto é um dos factores essenciais a ter em conta no transporte de animais

Quando sai de casa durante algum tempo o que faz aos seus animais? Deixa-os em casa ou leva-os consigo? Apesar de existirem soluções para deixar os seus animais bem cuidados, como os hotéis para cães e gatos e os serviços de pet-sitting, existem formas de transportar o seu cão ou gato de forma segura e adequada quer para si quer para os animais.

Um factor importante que deverá ter em conta no transporte de animais é verificar se tem em sua pose toda a documentação deles, esta documentação inclui, entre outros itens, o passaporte do animal e certificados veterinários.

Caixas de transporte para o seu amiguinho

Para efetuar qualquer deslocação com o seu pequenino deverá fazê lo nas caixas de transporte de animais adequadas, caixas estas que são bastante seguras e confortáveis. Para cada animal terá de existir uma caixa de transporte, estas caixas deverão ser adequadas ao seu peso e altura. Os seus animais deverão ter espaço na caixa, não se sentindo assim apertados, evitando que se magoem ou se revoltem.

Quando for comprar as caixas para ir passear com o seu amiguinho, prefira caixas que tenham uma alça para o transporte ficar facilitado, com grades na porta para que exista ventilação para o animal e para que este possa ver o exterior, as caixas devem ter espaço e ainda cantos redondos de modo a facilitar a limpeza.

Se a viagem for realizada de carro pode trocar as caixas de transporte pelas grades que coloca no carro, essas grades por norma ficam na zona traseira do carro evitando assim que o animal distraia o condutor, ficando restringido aquela zona.

Viajar de carro com o seu animal

Ao viajar de carro com o seu animal, é importante que preste atenção aos seguintes pontos:

  • Evite a desidratação: Pare de duas em duas horas para dar água ao seu animal, ele vai necessitar de ir bebendo água e talvez de se alimentar;
  • Evite enjoos: Para evitar os enjoos, não deixe que o seu filhote se alimente em demasia. Quanto mais ele comer pior será para o seu estômago, contudo não o deixe passar fome, tente encontrar um meio-termo;
  • Deixe-o passear: Quando fizer a pausa para se alimentar deixe-o andar a passear, esticar as pernas;
  • Sujidade: Para evitar que o peludinho suje a zona do carro onde está, antes de colocar a caixa de transporte, forre o local com papel de jornal. Assim será mais fácil limpar o local quando chegar ao destino.

Viajar de avião com o seu animal

Viajar de avião com o seu amiguinho de quatro patas requer alguns procedimentos que terá de tratar antes da viagem, bem como durante a viagem.

Antes da viagem

Em primeiro lugar necessita de fazer a reserva, por norma estas reservas terão de ser efetuadas entre 48horas e 24horas antes da hora de partida. Para que consiga efetuar a reserva sem que ocorra nenhum problema, deverá ter em sua posse o peso total do animal mais a caixa de transporte, assim como a dimensão da mesma caixa. Caso durante a viagem tenha de trocar de avião e com isso trocar de companhia aérea, convém que comunique a todas as companhias que levará o seu menino.

Durante a viagem

Existem dois locais onde o seu amiguinho pode viajar, ou na cabine ou no porão. O acesso à cabine é mais restringido do que o acesso ao porão. Para viajar na cabine, o seu animal em conjunto com a caixa não pode ter mais de oito quilos, a caixa deverá ser estanque, ou seja, terá de reter os fluidos do animal. Para a cabine só são aceites gatos e cães.

Para o porão o acesso é mais facilitado, o peso máximo do conjunto é de 45 quilos. Em relação às exigências feitas sobre as caixas, serão as mesmas. Neste caso, terá de fornecer comida e água para que estes sejam alimentados.

Existe também a opção de o seu companheiro viajar como sendo carga, contudo para isso acontecer terá de estar indicado no seu bilhete de avião. O seu companheiro terá de ser entregue quatro horas antes do inicio da viagem e em conjunto com o animal deverá seguir a sua documentação e a sua alimentação.

Tenha sempre em atenção, caso viaje para o estrangeiro, ás leis do país a que se destina no que diz respeito à entrada de animais.

Não custa nada viajar com o seu amigo a seu lado. Verá que até as viagens e as suas férias serão mais animadas tendo o seu cachorro ou o seu gatinho consigo, bem como mais descansadas pois não vai ficar preocupado sobre como os seus animais estão ou se lhes acontece alguma coisa na sua ausência. Para isso, basta que reúna as condições necessárias para que a viagem dele se torne confortável e segura, leve sempre consigo a caixinha de transporte, os documentos, a comida e a água e verá que tudo correrá pelo melhor.

Tópicos: Gatos, Cães, Animais de Estimação, Artigos em Destaque