Ave Gigante Conviveu com Dinossauros

Ave Samrukia nessovi

Ave Samrukia nessovi
Crédito: Nobu Tamura

Uma enorme ave pré-histórica, cuja aparência poderá ter sido semelhante a uma avestruz, viveu e conviveu com os dinossauros há cerca de 83 milhões de anos.

Trata-se da segunda maior ave alguma vez encontrada e demonstra mais uma vez como no período Cretáceo, grandes aves terrestres e dinossauros partilharam o mesmo mundo.

A ave chama-se Samrukia nessovi e viveu naquele que é, agora, o Cazaquistão.

A partir dos vestígios fósseis encontrados, os investigadores acreditam que o crânio da ave teria cerca de 30 centímetros, voaria a cerca de 3 metros de altura e a envergadura de asas podia ultrapassar os 4 metros.

Esta ave é, até ao momento, a segunda maior ave alguma vez descoberta. O primeiro lugar ainda pertence à espécie Gargantuavis philoinos, que viveu em França há cerca de 70 milhões de anos, também com aparência semelhante ás avestruzes.

Ambas as espécies comprovam que as aves da Era Mesozóica (que engloba os períodos Triássico, Jurássico e Cretácico, de há cerca de 251 até 65 milhões de anos atrás) não eram todas pequenas como tordos ou corvos.

“O gigantismo definitivamente ocorreu nestes animais, e as aves gigantes viveram em, pelo menos, duas regiões distintas. Isto dá-nos uma imagem mais larga: as aves da Era Mesozóica eram ecologicamente diversas, com várias sobreposições entre elas e os grupos modernos” explicou o autor do estudo Darren Naish, investigador da Universidade de Portsmouth, Inglaterra, citado pela Discovery News.

Os investigadores não descobriram quaisquer vestígios que indicassem a alimentação desta ave recém-descoberta. No entanto, é possível imaginar que passaria boa parte do seu tempo a correr ou a voar em fuga dos grandes predadores – basta relembrar que, na mesma altura, habitavam o mundo dinossauros carnívoros de grandes dimensões.

A distinção entre aves e dinossauros nem sempre é simples para os paleontólogos, até porque há cerca de 150 milhões de anos, os grupos de aves e dinossauros eram extremamente semelhantes.

Por esse motivo, um estudo recente sugeriu que a ave pré-histórica mais antiga e também mais conhecida em termos populares, a Archaeopteryx, era afinal um dinossauro.

Esta nova e gigante ave demonstra também que as aves modernas “não são tão distintas das aves extintas do Mesozóico como se costumava pensar”, concluiu Naish.

Tópicos: Animais Pré-Históricos