Papagaio Verdadeiro

Papagaio verdadeiro (Amazona aestiva)

Papagaio verdadeiro (Amazona aestiva) | Fotografia: Frederico Lisboa

Classificação científica:

  • Reino: Animalia
  • Filo: Chordata
  • Classe: Aves
  • Ordem: Psittaciformes
  • Família: Psittacidae
  • Género: Amazona
  • Espécie: Amazona aestiva

Comprimento: 35 a 37 centímetros
Peso: 400 gramas
Longevidade: + 60 anos
Maturidade: 5 a 6 anos
Incubação: 28 dias
Postura: 2 a 3 ovos

Distribuição: Presente no interior do Brasil, no Nordeste (Piauí, Pernambuco e Bahia), Centro-oeste (Minas Gerais, Goiás e Mato Grosso) e Rio Grande do Sul. Ausente nas áreas litorâneas. Encontrado também na Bolívia, Paraguai e Argentina.

É o mais procurado dos papagaios para ser animal de estimação, por ter fama de melhor “falador” de entre os papagaios do Brasil.

Habita a copa de florestas húmidas ou secas, palmais e beiras de rio. Vive em bandos de tamanho variável. A bonita faixa vermelha da asa que possui permite distinguir esta espécie do papagaio do mangue (Amazona amazonica).

Os papagaios aestivas adoram trepar e fazer acrobacias. Além disso, têm uma grande necessidade de roer. Para este fim, é aconselhável que disponham de brinquedos adequados e alguns ramos de salgueiro. Estas aves também podem ser muito ruidosas. Este é um aspecto que deve ter em consideração, caso viva no meio de muita vizinhança. Estes psitacídeos se habituados adoram tomar banhos de chuveiro ou borrifador em dias quentes.

Devem ser alimentados à base de uma mistura de alimentos próprio para papagaios (ração comercial ou sementes) facilmente adquirida em lojas especializadas., bem como um sortido diário de frutos frescos e de vegetais.

Os papagaios verdadeiros não são aves frágeis, mas não suportam bem o frio, as correntes de ar e a humidade. Por conseguinte, é essencial que o abrigo nocturno tenha um isolamento muito bom e que esteja situado num local bem protegido.

Mais informação: Psitacídeos – Tudo o que precisa de saber

Este artigo foi originalmente publicado na Revista nº5 do Mundo dos Animais, em Fevereiro de 2008, com o título “Papagaio Verdadeiro”.

Tópicos: Aves Exóticas, Aves, Animais Exóticos, Animais de Estimação