O Tigre-da-Tasmânia Estará Vivo?

Quando dois motociclistas descobriram, no início deste ano, um crânio e uma mandíbula num trilho do norte da Tasmânia, os rumores à volta da sobrevivência do tigre-da-tasmânia ganharam força. O crânio tinha todas as semelhanças com esses animais e o facto de estar à superfície, com aparência de ser recente, só poderia indicar que estes animais continuaram vivos depois de, em 1936, terem sido declarados extintos.

(Vê também: O tigre-da-tasmânia não tinha culpa)

São muitas as pessoas que acreditam que os tigres-da-tasmânia não se extinguiram. De acordo com o especialista Andrew Pask, um zoologista australiano da Universidade de Melbourne, o facto de os animais terem sido extintos não impediu que as pessoas os continuassem a ver.

Em entrevista ao Monster Talk poodcast, Pask disse que “desde que os tigres-da-tasmânia foram declarados extintos, todos os anos as pessoas relatam ter observado o animal. Contudo, nunca houve uma evidência concreta disso. Há poucos anos, uma revista australiana ofereceu um prémio de um milhão de dólares a quem apresentasse uma prova irrefutável em como os tigres-da-tasmânia continuavam vivos. As pessoas partiram em buscas intensas, mas nada encontraram. A Tasmânia não é assim tão grande e as zonas mais inacessíveis, não são assim tão inacessíveis… por isso acredito que se estes animais ainda existissem, eles já teriam sido encontrados”.

Tigre-da-Tasmânia

Então e o crânio encontrado? Os cientistas do Queen Victoria Museum analisaram e concluíram tratar-se de um canídeo, mais especificamente um cão. Ainda assim, as semelhanças com um tigre-da-tasmânia não eram pura imaginação dos dois irmãos que encontraram os ossos. O crânio de um tigre-da-tasmânia e o de um cão doméstico é muito idêntico, com diferenças subtis como a contagem dos dentes – o tigre-da-tasmânia tinha mais dois dentes na mandíbula superior do que um cão, pormenor que as pessoas em geral desconhecem.

Os dois jovens não ficaram propriamente convencidos com a explicação e pretendem iniciar a sua própria busca para tentar encontrar o tigre-da-tasmânia vivo. Se o conseguirem, será uma notícia excelente e surpreendente. Se não o conseguirem, o tigre-da-tasmânia continuará a pertencer ao grupo de fantásticos animais que, por um motivo ou por outro, desapareceram para sempre.

Via Discovery News / ABC News

Tópicos: Marsupiais, Animais Extintos Recentemente, Conservação, Mamíferos