Imagens da Semana: 24 – 30 Janeiro 2016

O sorriso contagiante de um cordeirinho resgatado, uma girafa extremamente rara ou dois gatinhos que viajam pelo mundo com os seus amigos, são alguns dos destaques desta semana no mundo dos animais.

O que não se deve fazer ao mergulhar com tubarões

Fotografia: Dmitry Vasyanovich, Caters News

Um bom exemplo do que nunca se deve fazer ao mergulhar com tubarões: atraí-los com alimento e de seguida meter-lhes um braço à frente. Para além do elevado risco de ocorrer um acidente, tal seria sempre considerado um ataque de tubarão, sem ter em conta que o animal foi provocado. A fotografia, que causou natural controvérsia, foi capturada pelo mergulhador Dmitry Vasyanovich num recente mergulho na Ilha de Guadalupe com tubarões-brancos.

Gato-mourisco (Puma yagouaroundi) bebé

Fotografia: Jefferson Leite / Arquivo Pessoal

Um gato-mourisco bebé, com aproximadamente 15 dias de vida, em recuperação no Centro de Controle de Zoonoses Mogi das Cruzes depois de ter sido encontrado numa estrada. O gato-mourisco (Puma yagouaroundi), também conhecido como jaguarundi, é um pequeno felino selvagem com ampla distribuição pelo Brasil, embora seja raramente observado.

Jupará (Potos flavus)

Fotografia: South Dade Animal Hospital

Um jupará encontrado por uma senhora de 99 anos em Miami, quando acordou e descobriu o animal a dormir em cima do seu peito. Os juparás (Potos flavus) são mamíferos pouco conhecidos, de hábitos arborícolas e noturnos, que pertencem à família dos quatis. O habitat destes animais estende-se desde o México ao Nordeste do Brasil, em especial na Amazónia.

Lontra bebé afetada pelas cheias

Fotografia: via BBC

Uma das 21 lontras bebés que foram afetadas pelas cheias sem precedentes na Escócia. Embora possa parecer contraintuitivo que a água possa afetar uma espécie que já é aquática, o que acontece é que a força das cheias separa as lontras bebés das suas mães, e os filhotes não têm capacidade para sobreviver sozinhos. O Scottish National Wildlife Rescue Centre tomará conta das pequenas lontras até atingirem um ano de idade, altura em que serão libertadas na natureza.

Girafa leucística

Fotografia: Derek Lee, Caters News

Uma girafa extremamente rara com uma condição genética chamada leucismo, que a torna branca, encontrada no Parque Nacional de Tarangire, na Tanzânia. O leucismo é uma condição genética parecida com o albinismo. No entanto, enquanto que um animal albino não possui pigmentação no corpo todo, um animal leucístico possui pigmentação em algumas zonas, como nos olhos.

Porquinho e gatinho

Fotografia: Santuario Igualdad Interespecie

Uma lição de amor de dois bebés, uma porquinha e um gatinha, aos cuidados do Santuario Igualdad Interespecie, no Chile. Esta bonita e especial amizade tem sido documentada na página do santuário no Facebook — veja aqui um vídeo das bebés.

Cordeirinho a sorrir

Fotografia: Mino Valley Farm Sanctuary

O sorriso contagiante de um dos sete cordeirinhos resgatados pelo santuário espanhol Mino Valley Farm Sanctuary, de uma quinta onde viviam em condições precárias e estavam prestes a ser abatidos para servir de alimento a cães. “Estes bebés nasceram num inferno, separados das mães desde que nasceram e fechados em pequenas prisões onde praticamente nem se podiam mexer” escreveram os responsáveis do santuário após o resgate.

Koala bebé órfão

Fotografia: Australia Zoo Wildlife Warriors

Uma koala bebé, órfã, encontrada sozinha e desidratada numa garagem suburbana, agora aos cuidados do Australia Zoo Wildlife Hospital. Ninguém sabe ao certo o que aconteceu à bebé ou como ficou órfã, mas encontra-se a recuperar bem e será posteriormente devolvida à natureza. Veja aqui um vídeo desta doçura.

Chita a lamber o pé do fotógrafo

Fotografia: Kim Wolhuter, Caters News Agency

Um momento caricato entre uma chita e um fotógrafo: perante a aproximação do felino, o fotógrafo Kim Wolhuter decidiu permanecer calmo e deixar a chita “investigá-lo” à vontade — até lhe lambeu um dedo do pé. Wolhuter, que nunca se sentiu em perigo, já estava há seis semanas junto destas chitas na Mashatu Game Reserve, em Botswana.

Gatinhos adotados viajam pelo mundo

Fotografia: Bolt e Keel

Um de dois gatinhos abandonados, adotados por um grupo de amigos que os tem levado desde então a viajar pelo mundo. A ideia inicial do grupo de amigos, que encontrou os dois felinos num parque, era levá-los a um abrigo de animais, mas um conjunto de circunstâncias valeu-lhes a aventura das suas vidas: o abrigo estava fechado e os amigos já tinham viagem marcada para o dia seguinte, pelo que acabaram por levar os dois gatinhos com eles. Hoje fazem parte da família e já viveram aventuras tão diversas como passear de caiaque ou fazer escalada. Acompanhe as aventuras destes meninos pelo Instagram.

Nova espécie de camaleão Kinyongia msuyae

Fotografia: Tim Davenport / WCS

Uma nova espécie de camaleão, Kinyongia msuyae, descoberto nas florestas montanhosas de Udzungwa e nas zonas altas do Sul da Tanzânia. O novo camaleão foi agora descrito num artigo publicado na revista Acta Herpetologica por uma equipa internacional de cientistas.

Lagarto-de-contas a sair do ovo

Fotografia: Columbus Zoo and Aquarium

O momento em que um lagarto-de-contas sai do seu ovo, no Columbus Zoo and Aquarium, onde não nasciam lagartos desta espécie desde o ano 2000. O lagarto-de-contas (Heloderma horridum) e o seu parente monstro-de-gila (Heloderma suspectum), são os dois únicos lagartos venenosos do mundo.

Tópicos: Imagens da Semana, Fotografia Animal