Imagens da Semana: 3 – 9 Janeiro 2016

A rara aparição de uma coruja-das-neves, uma porquinha resgatada num santuário ou um bando de estorninhos a fazer magia nos céus, são alguns dos destaques da primeira série de Imagens da Semana de 2016. Reveja também as melhores imagens de 2015.

Coruja-das-neves (Bubo scandiacus)

Coruja-das-neves (Bubo scandiacus)

Coruja-das-neves (Bubo scandiacus)

Coruja-das-neves (Bubo scandiacus)

Fotografias: CCTV em Montreal, Canadá

Uma coruja-das-neves faz uma rara aparição em frente a uma câmara de trânsito em Montreal, no Canadá. Estas corujas são tão poucas vezes observadas em ambiente selvagem que o ministro dos Transportes do Quebeque, Robert Poëti, partilhou as imagens nas redes sociais. A coruja-das-neves (Bubo scandiacus) é uma das maiores espécies de corujas, com 70 centímetros de comprimento e 1,5 metros de envergadura de asa.

Migração de esturnídeos causa pareidolia no céu

Fotografia: Amir Cohen / Reuters

Um bando de esturnídeos em migração forma o que parece ser uma baleia nos céus do sul de Israel, um fenómeno chamado de pareidolia. Os esturnídeos são aves da família Sturnidae e vulgarmente chamados de estorninhos. Durante as migrações, em que os estorninhos se juntam ás centenas de milhares nos céus como uma nuvem gigante, proporcionam um espetáculo de rara beleza. Veja aqui alguns desses momentos (vídeo).

Baleia-jubarte (Megaptera novaeangliae) no Havai

Fotografia: Jonathan Kingston, National Geographic Creative

Uma baleia-jubarte mergulha nas águas do santuário Hawaiian Islands Humpback Whale National Marine Sanctuary, na costa de Maui, no Havai. Este santuário, criado em 1992 pelo Congresso dos Estados Unidos, é um dos habitats de baleias mais importante em todo o mundo, abrigando milhares de baleias-jubarte (Megaptera novaeangliae) todos os invernos.

Narvais bebés fotografados

Fotografia: Bertrand Charry / Bruce Head Narwhal Study / Courtesy of Baffinland Iron Mines Corporation

Dois filhotes de narval (em cor cinza claro) fotografados a norte da Ilha de Baffin, no Arquipélago Ártico Canadiano. O narval (Monodon monoceros) é uma baleia rara e elusiva, conhecida pela longa “presa” na cabeça, que na verdade é um dos dois dentes caninos (o esquerdo) do animal e que cresce até aos três metros de comprimento. Por esse motivo, é conhecido como o unicórnio dos mares. As fêmeas não possuem esta presa e um em cada 500 machos possuem duas presas, o que ocorre quando o outro dente canino (do lado direito) também cresce.

Ocelote bebé no zoo de Berlim

Fotografia: Berlin Zoo

Um ocelote bebé nascido no passado dia 26 de Outubro no zoológico de Berlim, dá os seus primeiros passos no exterior, sempre perto da sua mãe Sarah. Em comparação com outros felinos, os filhotes de ocelote desenvolvem-se mais devagar. Abrem os olhos entre os 15 e os 18 dias e vivem junto à mãe entre um a dois anos, até começarem a dispersar e estabelecer o seu próprio território. O ocelote, também conhecido como jaguatirica, habita desde o sul dos EUA até ao norte da Argentina.

Tarântula-de-joelho-vermelho-mexicana (Brachypelma smithi)

Fotografia: REUTERS / Stefan Wermuth

Uma tarântula-de-joelho-vermelho-mexicana (Brachypelma smithi) sobe para as mãos do tratador Jamie Mitchell, do ZSL London Zoo, durante a contagem anual de animais realizada naquele zoológico. As tarântulas (ou caranguejeiras) são animais de estimação exóticos em crescente popularidade e esta espécie, em particular, é das mais comuns para se manter em casa.

Duas cabras bebés no Santuario Igualdad Interespecie

Fotografia: Santuario Igualdad Interespecie

Dois cabritinhos recebem a indispensável dose de mimo da sua tratadora no Santuario Igualdad Interespecie, uma organização chilena que abriga animais de quinta vítimas de abuso. Os dois animais, Alicia e Lucas, são descritos pelos seus tratadores como “enérgicos, saudáveis e brincalhões” e que, tal como cães ou gatos, aproximam-se das pessoas para pedir carinhos e abraços.

Porquinho no Santuario Igualdad Interespecie

Fotografia: Santuario Igualdad Interespecie

Também no Santuario Igualdad Interespecie, esta linda porquinha chamada Laura desfruta de uma vida mais digna e confortável da que lhe estava previamente destinada.

Rinoceronte-branco bebé no Taronga Western Plains Zoo

Fotografia: Taronga Western Plains Zoo

Um filhote de rinoceronte-branco nascido no passado dia 19 de Dezembro, no Taronga Western Plains Zoo, em Nova Gales do Sul, Austrália. Este é o terceiro bebé rinoceronte nascido durante o ano passado naquele zoo, depois de um filhote de rinoceronte-negro nascido em Abril e outro de rinoceronte-indiano ter nascido em Outubro. Três das cinco espécies existentes de rinoceronte estão em perigo crítico de extinção.

Lontra-marinha bebé

Fotografia: Monterey Bay Aquarium

Uma lontra-marinha bebé descansa ao colo da extremosa mamã no Monterey Bay Aquarium, na Califórnia. Esta lontra-marinha não pertence ao aquário, tendo decidido abrigar-se na piscina natural do mesmo devido ás tempestades de Inverno e dar à luz o seu filhote. Os responsáveis pelo aquário mantém-se vigilantes sobre a saúde de mãe e filhote, mas avisam que a qualquer momento a mãe pode decidir voltar para o seu habitat natural.

Se ainda não tiver visto as melhores imagens de 2015, veja-as aqui.

Tópicos: Imagens da Semana, Fotografia Animal