Imagens do Ano: 2015

2015 está prestes a chegar ao fim e como habitualmente, é altura de fazer balanço e olhar o ano em retrospetiva. E nada melhor do que começar com as melhores imagens do ano no mundo dos animais.

A seleção foi feita com base na nossa rubrica «Imagens da Semana», que teve início também este ano, e não foi propriamente fácil escolher os momentos mais marcantes no meio de tantos. Por isso acabamos com uma seleção gigante de 44 fotos — e a convicção que você vai adorar.

Refugiado sírio Moner Al Kadri reunido com o seu gato Zaytouna

Fotografia: Nadia Al Kadri

Moner Al Kadri, refugiado sírio que ficou conhecido por ter trazido a sua gata Zaytouna (Azeitona em português) consigo e com a esposa na travessia pelo Mediterrâneo, voltou a reunir-se com a pequena felina, que tinha ficado em quarentena imposta pelas autoridades alemãs durante quase três meses. A funcionária do governo que devolveu a gatinha ao casal Al Kadri levou também ração e brinquedos para o animal, ajudando o casal a superar as dificuldades, que não terminaram. (Semana 13 – 19 Dezembro).

Huru, gatinha resgatada na China

Fotografia: Humane Society International

A expressão de terror da gatinha Huru (primeira foto) tornou-se simbólica da situação de milhares de gatos e cães sacrificados anualmente no Yulin Dog and Cat Meat Festival, na China. Poucos puderam ser salvos, mas entre os felizardos que a Humane Society International conseguiu por a mão, está precisamente essa gatinha, agora em paz e segurança (segunda foto). A diferença entre o antes e depois é abismal. (Semana 15 – 21 Agosto).

Cachorrinha salva de uma fábrica de carne de cão

Fotografia: Humane Society International / via Twitter

“Amor à primeira vista” foi como descreveu a Humane Society International (HSI) a ligação instantânea que se formou entre o seu voluntário Adam Parascandola e a pequena cachorrinha Ruby, salva de uma fábrica de carne de cão na Coreia do Sul. Adam levou-a para sua casa para recuperar e acabou por adotá-la em definitivo. (Semana 13 – 19 Dezembro).

Elefante bebé a dormir nos braços de quem o salvou

Fotografia: Animals of Planet Earth

Uma daquelas fotografias que valem bem mais que mil palavras: um bebé elefante a adormecer nos braços de quem salvou a sua família. Lek Chailert, na imagem, é a fundadora do santuário Elephant Nature Park, que resgata elefantes por toda a Tailândia. Um desses elefantes é Dok Ngern, que vivia uma vida de abuso com os seus donos anteriores e, já no santuário, deu à luz o bebé retratado na fotografia, Chang Yim (Elefante Sorridente em português). (Semana 6 – 12 Dezembro).

Príncipe Harry abraça elefante sedado

Fotografia: Kensington Palace / PA

Um momento pessoal do príncipe Harry junto a um elefante sedado para tratamento no Parque Nacional Kruger, África do Sul. Na segunda visita a este parque que realiza este ano, Harry acompanhou o trabalho dos veterinários com elefantes e rinocerontes atacados por caçadores furtivos, que os chacinam por causa das suas presas e chifres valiosos no mercado negro. (Semana 29 Novembro – 5 Dezembro).

Crianças a ler para cães abandonados

Fotografia: Humane Society of Missouri via Facebook

Um grupo de crianças a ler para animais abandonados, uma das atividades de Verão praticadas no abrigo da Humane Society of Missouri. A organização fez questão de sublinhar na sua página que, apesar de nesta atividade as crianças e os cães estarem separados, existem várias outras atividades supervisionadas em contacto direto com os animais abandonados. (Semana 4 – 10 Julho).

Cãoterapia

Fotografia: Reprodução / TV TEM

Um dos cães do programa “Cãoterapia” procura ajudar uma criança a esquecer, por algum tempo, a sua doença. O programa, desenvolvido no Hospital da Criança e Maternidade, de São José do Rio Preto, em São Paulo, conta com a participação de quatro cães que visitam as crianças internadas uma vez por mês. (Semana 25 – 31 Outubro).

Gatinha sobrevivente de incêndio

Fotografia: U.S. Forest Service

Ruthie Rosemary, uma gatinha de 4 anos que conseguiu escapar com vida de um incêndio florestal na Califórnia, EUA. Após ter desaparecido no meio do aparato, os donos tiveram de ser evacuados e julgaram que a pequena felina teria morrido. Cinco dias depois, quando puderam regressar e ver a sua residência em ruínas, ouviram um leve miado e encontraram-na escondida por baixo de um camião, que também tinha ardido. Os seus bigodinhos ficaram todos chamuscados, mas felizmente não teve ferimentos. (Semana 8 – 14 Agosto).

Koala bebé agarrado à mãe

Fotografias: Australia Zoo Wildlife Hospital

Um koala bebé agarrado à sua mãe enquanto esta era submetida a uma cirurgia no Australia Zoo Wildlife Hospital. A mãe koala, Lizzy, foi atropelada por um carro numa autoestrada australiana enquanto carregava o seu bebé, Phantom. Lizzy sofreu um traumatismo craniano e colapso pulmonar, pelo que teve de ser operada. A cirurgia, sempre acompanhada pelo bebé, correu bem. Os atropelamentos são um dos muitos perigos que os koalas enfrentam. O Australia Zoo Wildlife Hospital funciona 24/7 e já tratou mais de 58 mil animais até à data. Considere oferecer-lhes uma pequena ajuda nesta página. (Semana 6 – 12 Junho).

Casal abriga cão da chuva

Fotografia: SWNS.com

Um casal parou para abrigar um cão que estava à chuva, amarrado a um poste à espera da dona em Dover, Inglaterra. Inicialmente não tinham guarda-chuvas e puseram um casaco em cima do cão, o que chamou a atenção de uma vendedora que logo lhes ofereceu guarda-chuvas para que os três se pudessem abrigar. A dona voltaria 20 minutos depois, momento em que se apercebeu que tinha começado a chover. (Semana 13 – 19 Setembro).

Musaranho-elefante da espécie Macroscelides proboscideus

Fotografia: Chester Zoo

Um musaranho-elefante (ou sengi) da espécie Macroscelides proboscideus, com três meses de idade, mostra a sua melhor cara para a fotografia no Chester Zoo, em Inglaterra. Estes animais são modelos de monogamia (casais que se juntam em princípio para sempre) e, a olhar para as fotografias, modelos de fofura. Os musaranhos-elefantes têm a particularidade de não serem nem musaranhos, nem elefantes. Mas se os considera mais aparentados com os musaranhos, engana-se: são mais próximos dos elefantes. Acrescentar só que também são considerados fósseis vivos (animais que pouco ou nada mudaram desde os tempos pré-históricos). (Semana 8 – 14 Novembro).

Leopardo-nebuloso bebé

Fotografia: Point Defiance Zoo and Aquarium

Um dos quatro bebés de leopardo-nebuloso nascidos no Point Defiance Zoo and Aquarium, no Estado de Washington, EUA. Inicialmente os bebés ficaram ao cuidado da mãe, mas uma posterior rejeição levou o staff do zoo a alimentá-los à mão até que sejam capazes de se alimentar sozinhos. Veja um vídeo da alimentação dos pequenos. (Semana 16 – 22 Maio).

Leopardos-das-neves

Fotografia: David Lawson / WWF-UK

Mãe e filhote leopardo-das-neves (Panthera uncia) numa rara visão em ambiente selvagem – estes grandes felinos são tão elusivos que popularmente lhes chamam “gatos fantasma”. Mas esse não é necessariamente um problema. O que preocupa é o novo relatório da WWF, onde é descrito um declínio da população destes felinos em mais de 20% nos últimos 16 anos. (Semana 18 – 24 Outubro).

Orca bebé a mamar

Fotografia: NOAA Fisheries, Vancouver Aquarium

Uma orca bebé a mamar naquela que é, até hoje, a fotografia mais pormenorizada desta interação entre mãe e filhote desta espécie tirada em ambiente selvagem. A imagem foi conseguida através de um voo de drone sobre as águas das Ilhas San Juan, a norte de Seattle, EUA. (Semana 18 – 24 Outubro).

Polvo Adorabilis

Fotografia: MBARI

Um polvo tão fofinho e adorável que os cientistas equacionam batizá-lo oficialmente de “Adorabilis”. Para ser mais preciso, Opisthotheusis adorabilis. O pequeno polvo cor-de-rosa e olhar de cachorrinho, vive a cerca de 500 metros de profundidade e estende os seus oito tentáculos como se estivesse a abrir um paraquedas, uma vez que tem uma membrana extensa a ligar todos os membros. Veja um vídeo deste pequeno polvo e diga lá se não é tão adorabilis. (Semana 13 – 19 Junho).

Nova espécie de rã

Fotografia: Jodi Rowley / Australian Museum

Uma nova espécie de rã, parte de um total de 139 novas espécies de animais e plantas descobertas na região do Mekong superior, a parte nordeste do curso do rio Mekong, no sudeste asiático. As descobertas, realizadas em 2014 e publicadas em Maio deste ano, dividem-se por 90 plantas, 23 répteis, 16 anfíbios incluindo a rã da fotografia, 9 peixes e um mamífero – um morcego. Desde 1997 já foram descobertas mais de 2.200 novas espécies nesta região, o que dá uma espantosa média de três novas espécies por semana. No total, conhecem-se nativamente nesta região cerca de 430 espécies de mamíferos, 800 répteis e anfíbios, 1.200 aves, 1.100 peixes e 20 mil plantas. (Semana 23 – 29 Maio).

Tartaruga com bico em 3D

Fotografia: BTech Innovation

Uma tartaruga-cabeçuda (Caretta caretta) antes e depois de receber uma mandíbula prostética impressa em 3D, na Turquia. A tartaruga foi encontrada quase sem vida, depois de uma hélice de um barco lhe ter arrancado uma grande parte da mandíbula. A prótese, desenvolvida pela BTech Innovation, tem como objetivo permitir à tartaruga voltar a conseguir alimentar-se sozinha, para que possa ser devolvida à natureza. (Semana 16 – 22 Maio).

Rottweiler em cadeira de rodas

Fotografia: Dog Locomotion

Johny, um rottweiler que está parésico e praticamente sem mobilidade, devido a três hérnias discais, dá os seus primeiros passos com o novo equipamento auxiliar de locomoção. A expressão de felicidade do “pequeno” foi colocada na página da Dog Locomotion, responsável por este tipo de aparelhos que permitem aos animais, essencialmente, voltarem a andar. Como descrevem e bem na página, “que gozo brutal!”. Veja mais fotos do rottweiler Johny neste álbum. (Semana 27 Junho – 3 Julho).

Bonsai, Buldogue Inglês

Fotografia: Bonsai – Half A Bulldog, Twice The Love / Facebook

Bonsai, um buldogue inglês de três meses nascido no Arkansas, EUA, tem um conjunto de anomalias genéticas que o tornam num milagre. O Bonsai tem Síndrome de Regressão Caudal ou Displasia Caudal, Disgenesia Sacrocaudal e Espinha Bífida, o que na prática significa que o cachorrinho só tem metade da coluna vertebral, as duas patas traseiras estão totalmente atrofiadas e não tem uma pélvis funcional. Pode acompanhar o dia a dia do Bonsai na sua página no Facebook «Half a Bulldog, Twice The Love». (Semana 11 – 17 Julho).

Gatinho salvo por motociclista

Fotografia: Spurgeon Dunbar

Este gatinho foi encontrado em mau estado por um motociclista que, de imediato, o adotou. Desde então, o pequeno tem recuperado e vivido uma grande aventura pela estrada, aconchegado dentro da roupa do seu novo humano e os seus novos amigos. (Semana 6 – 12 Setembro).

Coelho-listrado-de-Annam

Fotografia: University of East Anglia

Um raríssimo coelho-listrado-de-annam (Nesolagus timminsi) segurado ao colo de Sarah Woodfin, a primeira cientista em tudo o mundo a ter a honra de tocar num destes animais. Veja aqui o vídeo. Estes coelhos, nativos das Montanhas Anamitas do Vietname e Laos, foram identificados pela primeira vez em 1999 e praticamente nada se sabe sobre eles: nem sequer o seu estatuto de conservação, por insuficiência de dados. (Semana 30 Maio – 5 Junho).

Raposa e Richard Bowler

Fotografia: Richard Bowler

Uma raposinha sobe amigavelmente para as costas do seu protetor, o fotógrafo de vida selvagem Richard Bowler, no País de Gales. A imagem foi amplamente difundida através do Twitter com a hashtag #KeepTheBan, que marca a forte oposição de Richard à caça das raposas praticada no país. Richard Bowler tem a seu cargo três raposas que já não podem ser devolvidas à natureza: duas adultas, Rosie e Fen e ainda a pequena Hetty, na fotografia. (Semana 13 – 19 Junho).

Homem salva dois mil cães na China

Fotografia: Chinanews.com

Wang Yan, ex-milionário chinês, com alguns dos dois mil cães que salvou nos últimos três anos. Todos estes cães seriam abatidos e vendidos como carne para consumo humano. (Semana 15 – 21 Novembro).

Preguiça bebé

Fotografia: ZSL London Zoo

Uma preguiça-de-dois-dedos bebé presenteia-nos o seu mais adorável bocejo no zoológico de Londres, onde nasceu. Apesar da aparência semelhante, as preguiças-de-dois-dedos (género Choloepus) e as preguiças-de-três-dedos (género Bradypus) não são parentes próximas e evoluíram de forma independente o seu estilo de vida arborícola. (Semana 15 – 21 Agosto).

Panda bebé junto à mãe

Fotografia: Toronto Zoo

Um panda bebé descansa ao colo da mãe, Er Shun, no Toronto Zoo. Tanto este bebé como o seu irmão, nascidos no passado dia 13 de Outubro, já triplicaram o seu peso, embora ainda sejam muito frágeis. Apesar da população selvagem de pandas ter aumentado quase 17%, segundo um relatório de Março de 2015, a espécie continua em perigo de extinção. (Semana 8 – 14 Novembro).

Papa Francisco e os dois cães de Obama

Fotografia: Pete Souza

O Papa Francisco, de visita oficial aos Estados Unidos da América, saúda os dois cães de água portugueses da Casa Branca, Bo e Sunny. (Semana 20 – 26 Setembro).

Vida selvagem projectada na fachada da Basílica de São Pedro

Fotografia: Riccardo De Luca / AP

Um espetáculo que muitos diriam impossível de fazer no Vaticano — diversas fotografias de animais selvagens, ameaçados de extinção, projetadas na fachada da Basílica de São Pedro durante três horas, no dia 8 de Dezembro, para chamar a atenção à conservação da vida selvagem e também das alterações climáticas. Segundo relatos, o Papa Francisco assistiu da sua varanda a todo o espetáculo e adorou a projeção. Veja aqui (vídeo) os principais momentos. (Semana 6 – 12 Dezembro).

Peixinho-vermelho

Fotografia: SWNS

Um peixinho-dourado de estimação com 5 anos de idade, submetido a uma cirurgia para remover um tumor no olho. A cirurgia, efetuada por uma equipa de veterinários do Highcroft Veterinary Group e do Bristol Zoo em Bristol, Inglaterra, demorou cerca de 45 minutos e custou 200 libras (cerca de 275 euros). O peixinho foi anestesiado através da água e mantido com um fluxo constante de água através das guelras e dos olhos. O olho onde se situava o tumor acabou por ser perdido, mas o peixinho está de volta são e salvo ao seu aquário do costume. (Semana 9 – 15 Maio).

Piloto salva cão

Fotografia: CNN

Um piloto da Air Canada desviou um voo internacional para salvar a vida de Simba, um buldogue francês de sete anos que viajava no porão. O piloto apercebeu-se de um problema no sistema de aquecimento que poderia evoluir para uma situação de risco de vida para o animal. O desvio provocou um atraso de 12 horas no voo e um prejuízo de milhares de dólares em combustível, mas segundo um perito em aviação a decisão foi a mais correta: “O comandante é responsável por todas as vidas a bordo”. (Semana 13 – 19 Setembro).

Golfinho-de-risso albino

Fotografia: Kate Cummings / Blue Ocean Whale Watch

Um raro golfinho-de-risso albino, fotografado e filmado nas águas da Baía de Monterey, na Califórnia. O golfinho albino estava a nadar junto à sua mãe e outros golfinhos da mesma espécie. O golfinho-de-risso (Grampus griseus) é a maior espécie de golfinho existente, podendo chegar aos 3 metros de comprimento e 500 quilos de peso. O albinismo nestes animais é raro. (Semana 4 – 10 Outubro).

Corvo à boleia de uma águia

Fotografia: Phoo Chan, Media Drum World

Um corvo “apanha boleia” de uma águia em pleno voo nos céus de Seabeck, em Washington. A sequência de fotografias pode ser vista na National Geographic. (Semana 27 Junho – 3 Julho).

Alabtroz Wisdom, provavelmente a ave mais velha do mundo

Fotografia: Daniel W. Clark / USFWS

Wisdom, a albatroz (e provavelmente a ave) mais velha do mundo, regressou ao refúgio de vida selvagem Midway Atoll National Wildlife Refuge para acasalar, algo que faz consecutivamente desde 1956. Com uma idade estimada em 64 anos, esta albatroz-de-laysan (Phoebastria immutabilis) já criou três dúzias de crias e voou quase 10 milhões de quilómetros sobre o oceano Pacífico. Na edição nº 28 da Revista Mundo dos Animais, a Wisdom é o albatroz que aparece logo na segunda página. (Semana 29 Novembro – 5 Dezembro).

Pudu bebé

Fotografia: Wildlife Conservation Society

Um minúsculo pudu bebé nascido no Queens Zoo em Nova Iorque. O pudu é o veado mais pequeno do mundo. Em adultos não ultrapassam os 85 centímetros de comprimento e 32 a 44 centímetros de altura. São conhecidas duas espécies, o pudu-do-norte (Pudu mephistophiles) com habitat na Colômbia, Equador e Peru; e o pudu-do-sul (Pudu puda, por vezes escrito erradamente como Pudu pudu) com habitat desde o sul do Chile até ao sudoeste da Argentina. Ambas as espécies estão em perigo de extinção. (Semana 6 – 12 Junho).

Fenecos bebés

Fotografia: Bruno DAmicis / Fritz Pölking Prize / GDT EWPY 2015

Dois adoráveis fenecos bebés brincam no exterior do seu ninho. Esta fotografia faz parte da série «Fennec, little ghost of the dunes», em português «Feneco, pequeno fantasma das dunas» (tradução livre), do fotógrafo italiano Bruno D’Amicis que venceu o prémio Fritz Pölking 2015. (Semana 25 – 31 Outubro).

Aranha australiana Atrax sutherlandi

Fotografia: Mark Wong, The Australian National University

Uma aranha australiana da espécie Atrax sutherlandi, com uma invulgar cor vermelho-sangue no abdómen e nas presas. A aranha foi descoberta pelo investigador Mark Wong debaixo de uma rocha e reportada na National Geographic. Esta coloração nunca tinha sido observada anteriormente. (Semana 30 Agosto – 5 Setembro).

Polvo juvenil

Fotografia: Fabien Michenet, finalista do Wildlife Photographer of the Year

Um polvo juvenil com apenas dois centímetros de comprimento, fotografado nas águas profundas do Taiti por Fabien Michenet, finalista do concurso Wildlife Photographer of the Year. O corpo do minúsculo polvo é transparente (camuflagem) e podem ser vistos os seus órgãos internos. (Semana 30 Agosto – 5 Setembro).

Gato com vitiligo

Fotografia: Scrappy | Facebook

Scrappy, um gato de 17 anos de idade que nasceu todo preto e, nos últimos anos, está a tornar-se branco, o que lhe confere este padrão bastante invulgar. Trata-se (possivelmente) de uma condição rara chamada vitiligo, que provoca a perda da pigmentação natural e que ficou famosa por ter afetado o famoso cantor Michael Jackson. O Scrappy é um gato saudável e tem uma página no Facebook, onde pode ver várias fotografias. (Semana 23 – 29 Maio).

Combóio de animais abandonados

Fotografia: Tiffany Johnson

Eugene Bostick, de 80 anos, e o comboio que construiu especialmente para levar animais resgatados das ruas a passear, no estado norte-americano do Texas. Bostick cuida atualmente de nove cães. Veja aqui (vídeo) o comboio em ação. (Semana 20 – 26 Setembro).

Sapo da espécie Melanophryniscus biancae

Fotografia: Hudson Garcia

Um sapo da espécie Melanophryniscus biancae, uma das três novas espécies de “sapos miniatura” descobertos no Brasil, nas regiões montanhosas do Estado de Santa Catarina. A descoberta foi anunciada dia 2 de Dezembro na publicação científica Plos One. Estes pequenos sapos medem entre 1 e 2,5 centímetros e são venenosos para os seus predadores. (Semana 29 Novembro – 5 Dezembro).

Guanaco bebé

Fotografia: Zoo Praha

Um guanaco bebé, nascido no passado dia 10 de Setembro no Zoo Praha, República Checa. O guanaco (Lama guanicoe) é um camelídio nativo das regiões montanhosas da América do Sul. As lamas são descendentes dos guanacos selvagens que foram domesticados há cerca de 6 a 7 mil anos. (Semana 13 – 19 Setembro).

Polícia abraça égua atropelada nos seus últimos momentos

Fotografia: Animal Justice League

Um polícia abraça a sua égua após esta ser atropelada, mantendo-se junto a ela até ao seu último suspiro. A égua, chamada Charlotte, fazia parte da polícia de Houston há quatro anos. No passado dia 3 de Dezembro, a Charlotte assustou-se com um barulho forte e, em fuga, acabou por ser atropelada por um camião de cimento. O departamento da polícia da Houston publicou uma homenagem no Facebook, incluindo várias fotos da égua durante o tempo do seu serviço. (Semana 6 – 12 Dezembro).

Girafa bebé resgatada

Fotografia: The David Sheldrick Wildlife Trust / via Facebook

Kiko, uma girafa órfã, ainda pequena, resgatada pela David Sheldrick Wildlife Trust no passado dia 19 de Setembro no Meru National Park, Quénia. O que aconteceu à mãe não é conhecido, mas a organização assume conflito humano-vida selvagem. Agora em boas mãos, o futuro apresenta-se mais risonho para esta pequena girafa. (Semana 4 – 10 Outubro).

Bezerrinha Pixie

Fotografia: Edgar’s Mission

Pixie, uma bezerrinha resgatada pela Edgar’s Mission com uma grave deformação nos membros anteriores, a receber uma das massagens diárias de reabilitação — e a retribuir com uns beijinhos amorosos. (Semana 25 – 31 Outubro).

Diabos-da-tasmânia

Fotografia: Reuters / Jason Reed

Dois jovens diabos-da-tasmânia brincam em cima de Dean Reid, manager da Devil Ark Sanctuary. Este santuário está a levar a cabo um programa de reprodução de diabos-da-tasmânia saudáveis, reintroduzidos na natureza para tentar salvar a espécie de uma doença cancerígena que está a dizimar estes animais. (Semana 15 – 21 Novembro).

Tópicos: Imagens da Semana, Fotografia Animal, Artigos em Destaque