Alimentação do Gato: A Dieta do Seu Pequeno Felino

A correta alimentação do gato é fundamental para a sua saúde

Tal como nós, os gatos necessitam de ter uma alimentação equilibrada de acordo com as suas necessidades. Os gatos são felinos, animais carnívoros que no seu habitat natural caçam e alimentam-se das suas presas, ingerindo assim através da carne todos os nutrientes que necessitam para uma alimentação saudável e completa. Não estando num ambiente selvagem, os nossos amiguinhos necessitam que a alimentação deles os ajude a terem todos os nutrientes necessários para o seu bem-estar.

Sabia que, se não alimentar o seu amiguinho de forma correta, pode fazer com que este envelheça mais rapidamente e que esteja mais propício a apanhar doenças?

A alimentação é muito importante para o seu gato. Não dê restos de comida sua ao seu gatinho, até pode poupar dinheiro mas estará a prejudicar bastante o seu filhote, irá fazer com que este sofra com os sucessivos desregulamentos do organismo e sofra ainda com as doenças que podem vir associadas.

Relacionado: O pêlo do gato

Mantenha sempre a taça do seu pequeno felino limpa, com alguma ração seca à disposição (deteriora-se menos facilmente do que as rações húmidas) e sempre com água fresquinha – na natureza os felinos obtém a maior parte da água através da carne das suas presas, mas os alimentos processados, em particular a ração seca (mais detalhes em baixo), tem baixa quantidade de água e por isso os gatos precisam de beber para compensar e evitar uma eventual desidratação.

Todos os gatinhos têm gostos diferentes, tal como os humanos. Tente adequar a alimentação do gato aos seus gostos. Sabia que os nossos amigos de quatro patas não podem comer chocolate? O chocolate tem alguns ingredientes que fazem com que os nossos amigos fiquem doentes, aliás um dos ingredientes do chocolate (teobromina) é tóxico para o gatinho. Existem vários alimentos tóxicos para gatos que deve conhecer – e evitar.

Tipos de ração para gatos

Existem três principais tipos de ração para o seu gato: seca, húmida e semi-húmida. Sabe qual a diferença entre estas três rações?

Ração húmida / molhada

Como o próprio nome indica estamos perante uma ração com elevado teor de humidade, sendo que apresentam molho e geleia e pedaços de carne na sua constituição. Por norma este tipo de ração é enlatada e fechada a elevada pressão. A sua preparação é realizada também a elevadas temperaturas. Apesar da maior parte da sua constituição ser água, é também por esse motivo que mais se assemelha à alimentação natural dos felinos na vida selvagem e, por isso, tem ganho mais adeptos entre os donos de felinos em relação ás rações secas, mais ricas em nutrientes mas mais pobres em hidratação. Problemas dentários a longo prazo são uma das desvantagens das rações húmidas.

Ração semi-húmida

É uma ração com um nível de humidade inferior à acima apresentada, sendo que já não apresenta molho a sua constituição, apresenta apenas um aspeto molhado. Apresenta os alimentos em pastilhas moles, parecendo ter uma textura de borracha. Tanto este tipo de ração como a acima referida são rações que irão contribuir para que apareça tártaro nos dentes do seu gatinho, mau hálito e fezes com um cheiro muito ativo.

Ração seca

Tal como o nome indica é uma ração com um baixo nível de humidade, compensado com grande riqueza de nutrientes, apresentando uma textura de biscoito. Este tipo de ração pode ser dada ao seu gatinho a seco tal como vem nos saquinhos ou então pode ser-lhe adicionada água ou molho próprio para as rações. Estas rações por norma são embaladas em sacos de biscoitos, não têm nenhum tratamento em especial. Para os gatinhos que comem este tipo de ração é necessário que a taça a água esteja sempre com água potável e fresca para compensar a falta de água do alimento.

O tipo de ração que vai oferecer ao seu amiguinho só depende de si e dele. Muitos donos optam por dar aquilo que é mais barato, não tendo em conta se o filhote gosta ou não, contudo a decisão não pode ser tomada apenas tendo esse critério como base, convém saber de qual ração o seu gatinho gosta mais. Caso goste de todo o tipo de ração aí sim, pode ter esses critérios como base, mas em primeiro lugar deverá estar sempre o seu amigo.

Ração adequada ao seu gatinho

Como todos os outros animais os gatinhos à medida que os anos vão passando vão tendo outro tipos de necessidades ás quais temos que ir respondendo. O cálcio dos ossos vai desaparecendo, vai sendo mais difícil absorver determinadas vitaminas, e aí a ração é o método mais fácil para dar ao seu filhote aquilo que ele precisa.

À medida que o seu gato vai crescendo, vai ter de lhe alterar o tipo de ração, para isso existem vários tipos de ração de gatos específicos de idade, tendo assim para os gatinhos juvenis, adultos e para os seniores, cada um destes grupos cobre as necessidades do seu amigo de acordo com a sua idade atual.

Pode ainda encontrar no mercado ração para gatos esterilizados, gatos de interiores, comida light, rações adequadas para dietas específicas, problemas urinários, entre outros. Para uma boa alimentação do seu gatinho terá de ver em qual dos grupos ele pertence. Mas dando um exemplo, se o seu gato for de interior e for esterilizado deverá perguntar ao veterinário qual a melhor comida para ele, ou caso não queira deverá optar pela comida para gatos esterilizados, pois será a categoria onde melhor se encaixa.

Cuide bem do seu gatinho, a alimentação dele é algo a que deve estar muito atento, não descure esta parte do seu animal, pois se a alimentação não for a melhor, ele não vai estar bem também.

Tópicos: Tratamento e Manutenção de Gatos, Gatos, Animais de Estimação, Artigos em Destaque