Gato Ajuda Menino Com Mutismo Seletivo

Gato Ajuda Menino Com Ansiedade Social a Expressar Emoções

Fotografia: via Daily Mail

Um menino que sofre com uma variante de mutismo, deixando-o praticamente incapaz de expressar emoções, foi ajudado a ultrapassar essa dificuldade pelo seu gato de estimação.

Lorcan Dilon é um menino de sete anos de idade, que sofre de um distúrbio de ansiedade chamado mutismo seletivo (ver info na Wikipedia), um problema que o deixa virtualmente incapaz de comunicar com os seus professores e colegas na escola, bem como de expressar sentimentos como amor e afeto pela sua família.

Mas a sua situação melhorou consideravelmente depois da mãe, Jayne, ter adquirido um gato, na verdade uma menina a que chamaram Jessi-cat.

Não demorou até que Lorcan e a peludinha se tornassem num par inseparável e, dois anos depois, o menino foi capaz de expressar o seu primeiro “adoro-te”, o que tendo em conta o seu problema é uma grande vitória.

A mãe contou ao Daily Mail todas as alterações na vida do filho:

“A Jessi-cat fez toda a diferença na vida do Lorcan (…) Nas últimas duas semanas começou a comunicar com pessoas com quem ainda não tem confiança e até já lê para um dos seus professores – algo que nunca tinha conseguido antes. A ligação entre o Lorcan e a Jessi-cat é tão marcante que ele consegue demonstrar fisicamente a sua afeição pela gata, algo que não demonstra com pessoas – nem mesmo comigo. A gata é encantadora e ele abraça-a e beija-a a todo o momento”.

Jayne acrescentou:

“Nós trouxemos a Jessi-cat porque os animais de estimação, e destes os gatos em particular, penso que são uma excelente influência para crianças com necessidades especiais, autismo e problemas do género, e é uma forma do Lorcan conseguir comunicar. O Lorcan fala dentro de casa com a família, mas continua a sentir muitas dificuldades em expressar o que sente (…) ele não é um menino que vá dizer ‘adoro-te mamã’ ou expressões desse tipo, mas com a gata ele brinca, dá-lhe mimo e diz que a adora, o que é muito interessante.

O mutismo seletivo é uma condição que afeta cerca de uma em cada mil crianças. O Lorcan foi diagnosticado com este distúrbio com três anos e meio, na pré-primária, quando os educadores repararam que ele não conseguia falar com eles nem com a maioria das outras crianças.

Vídeo

Tópicos: Gatos, Animais de Estimação