Gatos são Bons Para a Saúde

Para nós, donos e apaixonados de gatos, isto não é novidade nenhuma. Mas na verdade, os gatos sempre tiveram uma reputação negativa no que diz respeito à saúde dos donos, sendo por vezes acusados de provocar uma série de doenças, desde cancro até desequilíbrios mentais. Um novo estudo, porém, desmistifica algumas crenças e superstições associadas aos nossos felinos e prova que os gatos são inclusivé benéficos para a nossa saúde.

Relacionado: A influência dos animais na saúde dos donos

Marion Vittecoq, investigadora do centro de investigação Tour du Valat em Arles, França, juntamente com os seus colegas, concluiu que os gatos não devem ser acusados por qualquer tipo de cancro nos humanos.

“Pelo que sabemos, os estudos que se focaram na ligação entre o cancro e a convivência com gatos como animais de estimação, não encontraram qualquer associação, mas sim um reduzido risco de cancro nos donos” referiu Vittecoq ao Discovery News.

Para dar um exemplo, ela e o co-autor Frédéric Thimas citam um estudo de H.J. Tranah e colegas do National Institutes of Health, onde descobriram que os donos de cães e de gatos possuem um reduzido risco de serem afetados pelo linfona não-Hodgkin. Quanto maior a duração do convívio com esses animais, menores as chances das pessoas virem a sofrer com esta espécie de cancro.

Porque motivo os gatos e os cães beneficiam a saúde humana? É um mistério, mas existe outro estudo datado do início deste mês, que nos trás pistas intrigantes. Por exemplo, as crianças que vivem com animais de estimação em casa sofrem menos doenças respiratórias.

“As nossas descobertas suportam a teoria de que durante o primeiro ano de vida, o contacto com animais é importante, levando possivelmente a uma melhor resistência a infecções respiratórias durante a infância” escreveu Eija Bergroth num artigo publicado na Pediatrics.

Diversos outros estudos demonstram que a saúde mental beneficia com a posse de animais de estimação, em particular os estudantes, idosos e pessoas com doenças crónicas. Nestes casos, os animais de estimação conseguem proporcionar um óptimo conforto e companhia.

A má reputação dos gatos ao longo de vários anos tem diferentes motivos. Um deles baseia-se nas antigas superstições, como por exemplo, considerar os gatos pretos ligados à bruxaria e à má sorte. Outro, mais científico e racional, tem a ver com a transmissão do parasita Toxoplasma gondii.

Num estudo anterior, Vittecoq e Thomas determinaram que existe uma correlação entre este parasita e o tumor cerebral. Uma vez que os gatos podem ter este parasita, rapidamente se associaram aos gatos ao cancro. Mas são os próprios autores a indicar que esta associação é um erro e que os gatos trazem benefícios para a saúde.

Thomas explicou que “as pessoas normalmente são infectadas através do consumo de carne mal cozinhada, especialmente de ovelha, que contém este parasita num estágio assexual”, ou através do contacto com solo contaminado (que uma boa higiene resolve). Outros estudos mostram que a ingestão de água contaminada, fruta, vegetais e leite de cabra não tratado, pode levar à infecção.

Victoria Benson, da unidade de cancro epidemiológico da Universidade de Oxford, e a sua equipa, também abordaram o assunto da Biology Letters. No estudo a que chamaram «MIllion Women Study» (estudo de um milhão de mulheres), que investigou uma tremenda quantidade de dados acerca de mulheres de meia idade do Reino Unido, não encontraram qualquer associação da incidência do cancro cerebral e a convivência com gatos.

“Isto, contudo, não afasta a possibilidade de a infecção do T. gondii a partir de outras fontes estar de facto associado ao cancro cerebral” escreveram Benson e a sua equipa.

Via Discovery News

Tópicos: Saúde Animal, Gatos, Animais de Estimação