Frank e Louie, o Gato de Duas Caras

Gato de duas caras

Fotografia: Marty

Atualização 6 de Dezembro de 2014: Frank e Louie, como era chamado este felino de duas caras, faleceu recentemente com 15 anos de idade, tendo obtido entretanto o record do Guinness para o gato Janus (nome dado a esta rara condição genética) que mais tempo viveu.

Uma notícia triste, mas ao mesmo tempo, reconfortante: só com muito amor e uma vida preenchida de carinho, cuidados e ronrons, um gato com esta condição genética viveria por tanto tempo. Recorde a sua história em baixo.

Frank e Louie, dois nomes, duas faces, apenas um gato. Mas um gato muito especial, que acaba de celebrar o seu 12º aniversário.

O felino tem uma deformação genética que, geralmente, não deixa os animais viverem mais do que alguns dias, sendo este menino um caso de extraordinário sucesso, sobrevivência e sobretudo, qualidade de vida, mesmo na sua condição particular.

A história especial deste felino começa ainda dentro da barriga da mãe, quando uma desordem genética chamada diprosopia se começou a manifestar, levando à duplicação da face na sua cabeça.

Esta condição faz com que os animais afetados não sobrevivam, normalmente, mais do que alguns dias. Esta é uma situação diferente da gatinha Vénus, que nasceu com quimerismo e que também parece ter duas caras, mas na verdade é apenas uma face dividida em duas cores: metade preta, metade amarela.

Voltando ao Frank e Louie, o bebé recém-nascido foi entregue numa clínica veterinária para ser eutanasiado.

No entanto, uma enfermeira veterinária chamada Marty, que trabalhava nessa clínica, adotou o pequeno, contando no entanto que mais cedo ou mais tarde o gatinho poderia ceder à doença. Assim não aconteceu.

Com apenas um dia de idade, Marty transportou sempre o pequeno felino junto a si para todo o lado, alimentando-o de duas em duas horas e vigiando-o permanentemente até se tornar mais independente, por volta dos três meses.

Ontem, Frank e Louie completou 12 anos de idade e teve entrada direta no livro do Guinness, por ser o gato com esta deformação que mais tempo viveu até ao momento.

Frank e Louie é um gato que leva uma vida praticamente normal junto com a sua dona Marty (cujo apelido prefere manter anónimo).

Tal como se pode ver na imagem, o felino tem dois rostos, com dois narizes e duas bocas, bem como um terceiro olho. A cabeça, contudo, tem apenas um cérebro, pelo que ambos os rostos reagem de forma coordenada.

O gato come apenas com a boca do seu lado direito, que é a que está ligada ao sistema digestivo. O olho do meio é cego e é também incapaz de piscar. Os donos batizaram a face do lado direito, a que se alimenta, com o nome de Frank e a do lado esquerdo, com o nome de Louie.

Visto de perfil o gatinho tem uma aparência praticamente normal, sendo que a sua deformação genética é evidente quando visto de frente, algo que causa alguma repulsa inicial nas pessoas que o conhecem.

Contudo e segundo os seus donos, Frank e Louie é um gato extremamente sociável, com um comportamento parecido até com o dos cães. Muito meigo, cativa as pessoas e adora uma boa dose de festinhas, mesmo que sejam por parte de desconhecidos.

Frank e Louie também tem uma relação muito positiva com outros animais. Passeado todos os dias num parque junto à sua residência, tem feito vários amigos felinos e caninos e é, em suma, um animal que vive bem e feliz.

Vídeo

Tópicos: Gatos, Animais de Estimação