Aranha Albina Descoberta

Nova aranha albina descoberta

Fotografia: Volker W. Framenau / National Geographic

“Quase fui parar ao chão quando vi a sua cabeça branca” foi assim que o curador do Western Australian Museum, Mark Harvey, reagiu quando lhe pedido para descrever a nova aranha “albina” descoberta.

Esta aranha não é literalmente albina, uma vez que possui pigmento – o resto do seu corpo é castanho. Foi descoberta acidentalmente por uma pessoa que, atendendo à estranheza da aranha, a capturou num frasco e enviou para o museu.

“Infelizmente não sabemos nada sobre a sua história. Presumimos que passem toda a sua vida em tocas e que apenas os machos, quando adultos, saiam para procurar fêmeas noutras tocas” explicou Mark Harvey.

Esta nova aranha de cabeça branca é considerada rara, quanto mais não seja, por este ser o único exemplar conhecido. Ainda não foi descrita formalmente como uma nova espécie.

“As aranhas são um grupo de animais muito diversificado, que tanto fascinam como aterrorizam muitas pessoas, embora sejam animais cruciais para controlar as populações de insetos”. “O mundo seria um local mais pobre se não existissem aranhas” concluiu Harvey.

Tópicos: Aranhas e Escorpiões, Invertebrados, Animais Selvagens