Como Criar Colónias de Formigas em Cativeiro

Colónia de formigas Lasius niger

Colónia de formigas Lasius niger
Fotografia: José Pedro Mateus

As Lasius niger são uma das espécies de formigas mais fáceis para fazer criação de uma colónia em cativeiro. Desenvolvem-se muito bem à temperatura ambiente no Verão e podem ser alimentadas com soluções de mel e insectos mortos.

A rainha Lasius niger pode viver mais de 20 anos em cativeiro e as colónias podem tornar-se muito complexas, mas nos primeiros anos não necessitarão de um setup muito grande.

Setup

Quando receber a sua colónia de formigas, ela chegará dentro de um tubo de ensaio, com água suficiente para durar mais um mês. É de extrema importância que não se tente mover à força as formigas para a sua nova casa, uma vez que é muito difícil, mas elas fá-lo-ão assim que estiverem preparadas.

Embora não pareça uma boa casa, para a Lasius niger, o tubo de ensaio é uma habitação excelente, onde podem criar colónias de até cerca de 100 a 200 obreiras. É quente e húmido, com apenas uma entrada e uma saída, portanto muito fácil de defender.

Convencer a colónia a sair do tubo de ensaio pode ser uma odisseia, mas há algumas formar de as “forçar”. Colocar o tubo numa zona bem iluminada e escurecer a outra parte e mantê-la húmida é o suficiente para persuadir a colónia a mudar-se.

Opção formicarium

Formicarium (formigueiro) é o nome correcto para um setup designado para formigas. A melhor forma de alojar uma colónia de Lasius niger é uma “Ant farm” e uma pequena zona de alimentação.

Colónia de formigas

Este tipo de setup é excelente para um colónia inicial. Basicamente é constituído por duas peças unidas por um tubo de borracha, onde uma das partes é preenchida com areia, o que permite às formigas criar túneis e câmaras para viverem.

Muito importante: Nunca colocar as o formicarium directamente à luz do sol. Apenas 15 minutos chegam para “cozer” as formigas…

Alimentação

A alimentação das formigas é extremamente simples:

  • Rainha: proteina (insectos mortos ou gelatina proteica) e mel (açúcar);
  • Obreiras: açúcar ou solução de mel;
  • Larvas: proteína (insectos mortos ou gelatina proteica).

Humidade

Lasius niger não necessitam de um valor específico de humidade, no entanto o ninho tem de ser mantido húmido.

A melhor maneira de conseguir isto, é colocar uma camada de dois centímetros de Leca no fundo da “Ant farm” e colocar uma palhinha com algodão em ambas as extremidades. Assim podem encher facilmente o fundo da “Ant farm”. A Leca ensopará a água e libertará a humidade para a mistura de areia assim que esta começar a secar.

Hibernação

Colónia de formigas amarelas Lasius flavus

Colónia de formigas amarelas Lasius flavus
Fotografia: José Pedro Mateus

O Inverno é muito importante para as colónias de formigas. A rainha “recarrega baterias” para o ano seguinte e quando chegar a Primavera, ela fará enormes posturas e haverá um aumento massivo da colónia.

Não é obrigatório hibernar a colónia, mas se não o fizer, a rainha não viverá tanto tempo e a colónia não será tão saudável.

Para hibernar as suas formigas, deverá baixar a temperatura da sala para um valor abaixo dos 10ºC, durante cerca de 6 semanas. Como o faz depende muito da forma do setup da sua colónia, mas no caso de usar uma “Ant farm”, poderá enrolá-la naquele plástico com bolhinhas e colocá-las no barracão na rua (caso tenha um) desde meados de Setembro até finais de Outubro. Continue a verificar as formigas e a alimentá-las como normalmente faria.

Assim que a temperatura atingir o valor ideal, elas entrarão em hibernação e a actividade da colónia diminui drasticamente.

Durante os meses de Inverno (desde finais de Outubro a finais de Fevereiro) não verá quase nenhuma actividade no ninho, mas continue a verificar as formigas, pois assim que começar a haver actividade à procura de comida deverá alimentar novamente as formigas.

Quando a temperatura aumentar em Março, as formigas estarão prontas para voltarem para dentro de casa. Atenção que elas estarão muito activas e famintas, por isso alimente-as abundantemente.

Evitar fugas

A melhor forma de evitar fugas num aquário de formigas é o uso de vaselina. Basta fazer uma barreira de cerca de dois centímetros de largura em redor do topo do aquário.

Numa “Ant farm” não será necessário, pois costumam ser estanques.

Doenças, bolor e parasitas

Existem muitas coisas que podem matar uma colónia de formigas, mas seguindo alguns passos simples, podem-se evitar a maior parte delas:

  1. Retirar toda a comida que não foi aceite pelas formigas depois de 48 horas, para evitar o crescimento de bolor;
  2. Manter a “basin” bem ventilada. Isto evitará o crescimento de bolores;
  3. Ferver sempre os insectos por 10 a 30 segundos, antes de os oferecer às formigas, para eliminar os parasitas que possam transportar;
  4. Antes de adicionar areia à colónia, coloque-a no forno a cerca de 200ºC durante cerca de 30 minutos.

Desfrutem da vossa colónia!

Este artigo foi publicado na Revista nº 7 do Mundo dos Animais, em Agosto de 2008, com o título “Colónias de Formigas”.

Tópicos: Insetos, Invertebrados, Animais Exóticos, Animais de Estimação, Artigos em Destaque