O Mundo é Maravilhoso Junto Destas Bebés Preguiças

Preguiças bebés órfãs na Costa Rica

Fotografia: Sam Trull / The Sloth Institute

Existe algo de profundamente cativante e encantador nas preguiças, ou bichos-preguiças, como preferirmos chamar.

Estranhas, letárgicas mas carismáticas, parecem-se com algum tipo de descendente dos Wookiees e são altamente bem sucedidas nos seus afazeres, apesar de dormirem entre 15 a 20 horas por dia (os gatos aprovam isto).

As preguiças são tão lentas que até crescem algas no seu pêlo, precisam de um dia inteiro para percorrer 35 metros e demoram um mês a digerir uma simples folha.

Surpresa das surpresas, são excelentes nadadoras.

Hoje vamos falar de um grupo muito especial de preguiças. São bebés órfãs e vivem num centro de reabilitação de preguiças na Costa Rica, chamado The Sloth Institute.

Neste centro, as bebés preguiças são criadas à mão até terem condições de ser libertadas de volta nas florestas tropicais.

Enquanto fazem esse precioso trabalho, focam-se também na investigação e na educação, de forma a proteger melhor estes animais no futuro. Porque, tal como tantos outros animais, as preguiças estão ameaçadas de extinção, especialmente devido ao desmatamento.

As fotografias que verá de seguida são da autoria de Sam Trull, primatóloga e co-fundadora deste centro para preguiças, e mostram-nos como as preguiças são tão adoráveis ao ponto de parecerem inacreditáveis. Este trabalho fotográfico, que acompanha o trabalho de reabilitação destas preguiças, foi editado no livro «Slothlove» («Amor de Preguiça» em tradução livre).

O mundo não foi maravilhoso para estes bebés em particular, mas é-o seguramente para quem tem o prazer de estar com estes animais. E, nós, de os observarmos através da fotografia.

Fotos

Preguiças bebés órfãs na Costa Rica

Fotografia: Sam Trull / The Sloth Institute

Preguiças bebés órfãs na Costa Rica

Fotografia: Sam Trull / The Sloth Institute

Preguiças bebés órfãs na Costa Rica

Fotografia: Sam Trull / The Sloth Institute

Preguiças bebés órfãs na Costa Rica

Fotografia: Sam Trull / The Sloth Institute

Preguiças bebés órfãs na Costa Rica

Fotografia: Sam Trull / The Sloth Institute

Preguiças bebés órfãs na Costa Rica

Fotografia: Sam Trull / The Sloth Institute

Preguiças bebés órfãs na Costa Rica

Fotografia: Sam Trull / The Sloth Institute

Preguiças bebés órfãs na Costa Rica

Fotografia: Sam Trull / The Sloth Institute

Preguiças bebés órfãs na Costa Rica

Fotografia: Sam Trull / The Sloth Institute

Preguiças bebés órfãs na Costa Rica

Fotografia: Sam Trull / The Sloth Institute

Preguiças bebés órfãs na Costa Rica

Fotografia: Sam Trull / The Sloth Institute

Preguiças bebés órfãs na Costa Rica

Fotografia: Sam Trull / The Sloth Institute

Preguiças bebés órfãs na Costa Rica

Fotografia: Sam Trull / The Sloth Institute

Preguiças bebés órfãs na Costa Rica

Fotografia: Sam Trull / The Sloth Institute

Como ajudar estes pequenos?

Como dito atrás, as preguiças são animais em risco de extinção e uma das espécies (a preguiça-anã, de nome científico Bradypus pygmaeus) está mesmo criticamente ameaçada, fazendo parte da lista das 100 espécies mais ameaçadas da IUCN.

A partilha de informação é muito importante para salvar estes animais. Por exemplo, reprovar a manutenção de preguiças como animais de estimação e incentivar um turismo responsável nos países onde elas existem.

As preguiças selvagens não devem ser manuseadas, mas os turistas pagam para lhes tocar, pegar ao colo e tirar selfies com elas, iludidas por aquele sorriso permanente que as preguiças têm. Elas não estão felizes com isso, nem um pouco, podem até morrer de stress.

No caso destas bebés preguiças, pode ajudar “adotando” uma preguiça (aqui), financiando a investigação (aqui) ou obviamente comprando o livro de Sam Trull (aqui ou aqui).

Se por acaso o leitor está na Costa Rica ou planeia lá ir, pondere oferecer-se como voluntário. Como pode imaginar através destas fotografias, será com certeza uma experiência única, enriquecida por saber que está a fazer a diferença.

Tópicos: Ajuda Animal, Fotos de Animais Selvagens, Mamíferos, Animais Selvagens, Fotografia Animal, Artigos em Destaque