Lémures de Cauda Anelada: Curiosidades

Lémur de cauda anelada (Lemur catta)

Lémur de cauda anelada (Lemur catta)
Fotografia original: Wikimedia Commons

Os lémures de cauda anelada:

  • É um animal diurno e gregário formando grupos de cinco a trinta indivíduos. Em geral as fêmeas são dominantes sobre os machos. Alimentam-se nas árvores mas deslocam-se no solo.
  • Os nascimentos ocorrem entre Agosto e Novembro. A sua pelagem é preto-acinzentada nos membros, sendo o ventre mais claro e as extremidades brancas.
  • Apresentam um penacho na cabeça, um anel em volta dos olhos e focinho preto.
  • O seu peso pode variar entre 2,3Kg e 3,5Kg.
  • A cauda deste lémur executa um duplo papel: as listas brancas e negras cosntituem um sinal visual bem nítido e durante as lutas rituais os animais costumam sujar as caudas com secreções das glândulas odoríferas dos membros anteriores, agitando-as a seguir por cima das cabeças, para os oponentes.

Curiosidades:

  • Os lémures (a palavra significa fantasmas) são primatas endémicos à ilha de Madagáscar, não existindo em mais parte alguma do planeta.
  • Representam os actuais sobreviventes de uma espectacular divisão evolutiva de primatas que parece ter ocorrido essencialmente em Madagáscar.
  • Muitas espécies de lémur estão em vias de extinção devido à destruição do seu habitat e à caça para consumo humano ou simplesmente por serem considerados um mau presságio para quem os vê.
  • Assim, os lémures mantiveram muitas das características primitivas, enquanto que, simultaneamente, desenvolviam outras, paralelas à evolução dos macacos e símios hemisfério sul.

Veja este artigo como apresentação interativa no Prezi.

Este artigo foi publicado na Edição nº 20 da Revista Mundo dos Animais, em Maio de 2011, com o título “Lémures”.

Tópicos: Primatas, Mamíferos, Animais Selvagens, Artigos em Destaque