Esterilizar, porquê?

Esterilizar animais

Fotografia: Bradley Wells

O título deste artigo deve ser a pergunta que muitos fazem quando acolhem em suas casas um animal jovem, seja ele cão ou gato. Existem, na minha opinião, prós e contras em relação à esterilização. Mas depois de nunca ter esterilizado nenhum dos meus animais, vejo que existem mais prós que contras.

E começo por dizer que quem não esteriliza os seus animais por estes nunca saírem de casa pode estar a cometer um erro de interpretação. A esterilização é muito mais do que evitar a reprodução dos animais, é fazer com que estes animais possam ter mais qualidade de vida.

Se não esterilizarmos o nosso animal quando jovem, estamos a aumentar o risco de que este, mais tarde, venha a ter problemas de saúde.

Dou-vos o exemplo da minha gata. Nunca a quisemos esterilizar… por ser caro, aqui está um contra, mas também por ser uma gata que nunca sai de casa. Agora ela tem 10 anos e até lá já lhe apareceu um tumor mamário maligno, pelo que teve de ser operada e agora apareceu um tumor no útero… que ainda não sei se é maligno ou benigno.

Por causa disso, já com uma certa idade, vai ter de ser esterilizada. E é por motivos de saúde.

Não deixo de me questionar várias vezes se isto estaria a acontecer se ela tivesse sido esterilizada quando nova. É um risco acrescido, parece-me, a esterilização nesta idade (devido à anestesia). E esta é mais uma razão pela qual me arrependo de não a ter esterilizado antes.

É na qualidade de vida dos nossos animais que temos de pensar no que toca a estas questões. Se estamos numa de crise e de fazer contas à bolsa, mais vale investir mais dinheiro ao início e prevenir problemas de saúde no futuro, aumentando a vida dos nossos animais, do que depois estarmos a gastar imenso dinheiro em operações, a sofrer pelo sofrimento deles e sem saber quanto mais tempo vão aguentar.

A vida deles está nas nossas mãos. Eles não se queixam e temos de ser nós a assegurar que têm uma vida com qualidade. É o máximo que podemos fazer para retribuir o amor que eles nos dão e o papel tão importante para a nossa vida. Mas, se não gosta de gatos, nem de cães, ignore este texto, pois só faz sacrifícios e pensa na qualidade de vida deles, quem gosta.

Não estou com isto a dizer que esterilizar resolve e evita todos os problemas de saúde, mas, pelo sim e pelo não, mais vale prevenir que remediar. No final, são os animais que nos agradecem.

Para além disso, acrescento mais prós: reduz o incómodo do cio dos gatos e dos cães e da marcação do território de alguns gatos.

O seu animal vai continuar a ser o mesmo de sempre, mas com melhor comportamento e com mais esperança de vida, de acordo com informações que podem ser consultadas no site http://esteriliza-me.org.

Esterilizar, porquê? Melhora a qualidade de vida, reduz a quantidade de animais nas ruas, evita mais complicações, é benéfico para a saúde do seu animal, e no fim de contas é benéfico para o seu bolso.

Este artigo foi publicado na Edição nº16 da Revista Mundo dos Animais, em Maio de 2010, com o título “Esterilizar, porquê?”.

Tópicos: Opinião, Saúde Animal, Artigos em Destaque