A Minha Pequena Nikita

Esta história foi escrita por Maria Helena Sines e fez parte do concurso “O que já fizeste por um animal?” que terminou no dia 18/11/2011. Clique aqui para ver todas as histórias.

Fez em Agosto um ano, que fiquei com menos um membro da minha pequena família. A minha Basset Hound Sasha, de 9 anos, entrou em coma, com um tumor cerebral. Tive dolorosamente que tomar a decisão de a adormecer. Eu! que a tinha tirado do ventre da sua mãe, porque não conseguia nascer.

Nikita

Depois de todas as clássicas juras, tipo: “nunca mais, os cães para mim acabaram” ou “já não tenho idade para ter mais cães”, fui confrontada com a dura realidade de uma pequena mãe abandonada num esgoto, nos arredores de Espinho.

Todos os dias, sempre que ia ao facebook, lá estavam aqueles olhinhos de azeitona a suplicar por ajuda.

Relutei muito. Não queria mais nenhum. E que fazer com os bebés? Mas uma amiga altruísta e que vive em função dos animais, conseguiu donos responsáveis para todos eles. Restava a pobre mãe, que estava numa clínica, confinada a uma box, onde ainda foi mãe adoptiva de outros bebés que amamentou.

E como um ser está sempre destinado a outro e nada se cruza por acaso connosco, tomei a decisão de pedir que ma trouxessem.

Passados três dias de estar a viver connosco, tive uma grande prova de amor e agradecimento da parte dela.

Sou uma doente fibromiálgica, que está continuamente com dores, restrição de movimentos e depressão. Nesse dia, dei um trambolhão enorme, de tal maneira que nem consegui mover-me. Quando a minha filha chamou o INEM e os socorristas me puseram na maca de traumatizados, a minha Nikita deitou-se em cima de mim, lambendo as minhas lágrimas de dor e ao mesmo tempo as mãos dos homens que me socorriam. O seu olhar suplicante era acompanhado de um gemido, baixinho. Felizmente não precisei de ficar internada e, de madrugada, quando voltei a casa a minha amiga estava deitada no sítio onde eu caíra.

Se eu fiz por ela, não nego que ela já fez muito por mim, nestes três meses em que ela já está aqui, como mais um membro da minha família. Obrigada Nikita!


Leia todas as histórias na edição especial da revista.

Revista Especial Gratuita

Mais em "O que já fizeste por um animal?":