Júnior

Esta história foi escrita por Cristina Serpa Magalhães e fez parte do concurso “O que já fizeste por um animal?” que terminou no dia 18/11/2011. Clique aqui para ver todas as histórias.

Por incrível que pareça, o Junior nasceu dia 13 de Maio; e por mais incrível ainda que pareça eu e o pai dele fomos as parteiras!! A Xanina era uma linda gatinha de olhos muito verdes e pêlo comprido e preto, tão linda que encantou o Kika; à minha revelia segui-se um namoro do qual resultou uma Xaninha barriguda.

Algum tempo depois e ainda pela madrugada, um grande rebuliço andava lá por casa: a Xaninha miava e corria escada abaixo e escada acima (nem consigo perceber como conseguia ela correr tanto). Ora isto foi complicado porque tivemos que apanhar a Xaninha e, em desespero de causa, ajudar a parturiente em pânico. Obviamente era esta a sua primeira (e foi também a última) gravidez e, pelos vistos, o instinto de nada serviu neste caso.

A muito custo foram nascendo os gatinhos e o último foi o Júnior!! Ufff, foi também o mais difícil até porque, por aquela altura, a Xaninha estava além de exausta num estado de terror incrível ao aperceber-se dos gatinhos que iam nascendo.

O Júnior nasceu, pasme-se!, nas escadas. Nasceu de patas e foi com dificuldade que o consegui puxar, acho que foi daí que ficou sempre com aquele tique no maxilar, é verdade!

Mas assim que o vi, disse: “este é o Júnior e este fica”; os irmãos tiveram donos e a irmã foi levada sem autorização, mas o Júnior ficou. Também estive ao seu lado quando lhe foi dada a tal injeção; estive com ele no princípio, meio e fim da sua vida e o que ele fez por mim? Oh, foi o meu confidente sempre disposto e sempre com tempo para me ouvir.


Leia todas as histórias na edição especial da revista.

Revista Especial Gratuita

Mais em "O que já fizeste por um animal?":