O Melhor do Mundo são os Animais

Esta história foi escrita por António Ribeiro e fez parte do concurso “O que já fizeste por um animal?” que terminou no dia 18/11/2011. Clique aqui para ver todas as histórias.

Esta não é a minha história mas sim de uma pessoa que tudo faz para ajudar os animais.

Um dia ligaram-lhe, porque um cãozinho arraçado de labrador que fora abandonado tinha sido atropelado, era domingo e a primeira coisa que fez foi ligar para as urgências do seu veterinário, levou-o para lá o prognóstico era muito reservado.

História: o melhor do mundo são os animaisO Doutor disse que era melhor aguardar pelo dia seguinte, para se ver o que fazer, então no dia a seguir lá foi falar com o veterinário, ele perguntou-lhe se queria adormecer o cãozinho porque iria ficar paralisado das patas do lado direito, que não havia grandes hipóteses de voltar a caminhar devido ao facto do sistema neurológico do cão não estar a responder, mas colocou a hipótese de poder ser operado. Respondeu-lhe que se ia arriscar e que se fosse preciso se mandava fazer uma cadeira de rodas para o cãozinho pois tinha visto na TV uma reportagem da Doglocomotion.

Avançou-se com a operação que ficou por 658 €, ficou internado perto de quinze dias depois de ser operado, foi levado para casa depois de ter alta e nos primeiros dias não se levantava, mas para sua alegria ao fim de seis dias em casa ele começou a caminhar e foi uma alegria enorme para si.

Na altura ele tinha cerca de sete meses, agora tem dois anos chama-se Angel e é uma alegria enorme vê-lo correr, saltar e brincar com o Mini (outro cãozinho que foi tirado da rua em risco de atropelamento).

É uma amante dos animais, ainda há bem pouco tempo lhe ligaram a dizer que tinham encontrado quatro gatinhos abandonados e se os podia recolher, ela disse que sim, meteu-se no carro e foi logo para o sitio para os ir buscar, para seu espanto quando viu não eram quatro mais sim dezoito e levou-os todos para casa tendo tratado deles todos e colocou-os para adopção consciente.

Luta e continua sempre a lutar para que não falte nada aos seus animais, aos que tem para adopção e aos que alimenta à sua porta, ou que veja na rua. Não custa ajudar os animais a serem felizes. Eles nunca nos abandonam como fazem a eles ou elas. Hoje são eles amanhã podemos ser nós.


Leia todas as histórias na edição especial da revista.

Revista Especial Gratuita

Mais em "O que já fizeste por um animal?":